tratamento para flacidez

Tratamento para Flacidez: qual melhor tratamento?

Você sabe qual o melhor tratamento para flacidez?

A flacidez é um problema que pode afetar qualquer região do corpo e comprometer a estética facial e corporal.

Conheça mais sobre esse sinal de envelhecimento e quais são as melhores formas de tratamento para o problema:

O que é flacidez?

A flacidez é uma alteração da pele que é percebida com o tempo por conta da perda ou do comprometimento da produção de colágeno e ácido hialurônico.

O colágeno é uma proteína que desempenha um papel importante para a saúde da pele e que está presente em certos tecidos do corpo. Já o ácido hialurônico, é a molécula responsável por manter a pele bem hidratada e preenchida.

A perda do tônus muscular com o avançar da idade é um dos principais sinais do envelhecimento da pele, que é capaz de comprometer significativamente a autoestima e a qualidade de vida.

Isso considerando que a perda de colágeno também faz com que haja prejuízos na elasticidade, na firmeza e na sustentação da pele.

Além de se tratar de um processo natural, o ganho de flacidez também pode ser percebido de forma precoce por conta de maus hábitos, tais como sedentarismo, má alimentação, exposição ao sol sem fotoproteção, emagrecimento rápido, sobrepeso e tabagismo.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, dependendo dos fatores genéticos e dos hábitos cotidianos do indivíduo, as funções fisiológicas normais da pele podem reduzir em 50% entre os 40 e os 55 anos, período chamado de meia-idade.

Como prevenir a flacidez precoce?

Considerando as principais causas do problema, além do tratamento, também é importante considerar os cuidados preventivos.

Dessa forma, ação preventiva para a flacidez está diretamente ligada à adoção de hábitos mais saudáveis no cotidiano.

Sendo assim, para a prevenção da flacidez deve-se optar por uma alimentação mais saudável e equilibrada, priorizando alimentos ricos em antioxidantes, tais como, leites, cereais e peixes, em proteínas e colágeno.

Uma boa ingestão de água diária para ganho de elasticidade, a prática regular de exercícios para estimular o tônus muscular e a proteção diária da pele pelo uso de um filtro solar de FPS igual ou superior a 30, que pode também fazer a reposição de ácido hialurônico por conta de sua composição.

Entre os demais cuidados pode-se citar a manutenção de um peso estável, evitando o rompimento das fibras elásticas da pele, o uso de cremes específicos (com silício ou colágeno), ou naturais (mel, ovos, frutas e farinha de trigo), nos locais de maior incidência, utilizando movimentos circulares de leve pressão, e o abandono do tabaco.

Afinal, qual o melhor tratamento para flacidez?

Para quem já sofre as consequências de uma pele flácida, vale atentar para com as melhores formas de tratar esse problema.

microagulhamento

Microagulhamento

O microagulhamento é um procedimento estético feito utilizando um rolo com pequenas agulhas em sua composição.

Uma vez feita a passagem desse aparelho sobre a pele, o chamado dermaroller, são feitos pequenos ferimentos que causam minúsculos sangramentos, promovendo assim a renovação celular, fazendo com que também se renove a produção de colágeno pela vasodilatação dos pontos de sangue.

Além da flacidez, o microagulhamento também é capaz de trazer benefícios ao tratamento de melasma, cicatrizes, linhas de expressão, rugas e acne. Independente de sua indicação, o tratamento é capaz de proporcionar resultados satisfatórios ao paciente.

radiofrequência

Radiofrequência

A radiofrequência é um dos procedimentos mais indicados para o tratamento da flacidez na barriga, atuando também na eliminação do acúmulo de gordura, e melhorando assim a aparência da pele. A radiofrequência pode ser feita em todas áreas do rosto e do corpo, menos na região da tireoide.

Para que o procedimento seja feito, a radiofrequência penetra na camada abaixo da pele, promovendo o aumento da temperatura para até 42°C, fazendo com que as células de gordura (adipócitos) sejam rompidas. A técnica também é capaz de promover a produção de colágeno e os seus benefícios.

carboxiterapia

Carboxiterapia

A carboxiterapia é outra indicação e se baseia na aplicação de injeções de CO2 medicinais sob a pele, promovendo o fluxo de sangue e melhorando a oxigenação da derme.

Por conseguinte, se estimula a produção de fibroblastos e assim, também se aumenta a produção de novas fibras de colágeno e elastina.

Além do CO2 ser capaz de estimular a produção de colágeno na área a ser tratada, também há a melhora da aparência muscular. É uma técnica segura e capaz de solucionar bem o problema.

corrente russa

Corrente russa

A corrente russa é um procedimento estético que utiliza eletrodos sobre a pele para que haja a produção de corrente elétrica de baixa intensidade. Por sua vez, ela atua estimulando os músculos e promovendo a sua contração de forma mais eficiente.

A contração relativa ao procedimento é mais forte e acaba por durar mais tempo do que a feita em um exercício abdominal, fazendo com que assim haja a melhora do tônus muscular e fazendo com que ele fique mais firme.

Por esse uso terapêutico de uma corrente elétrica, o paciente também se beneficia pela modelagem do corpo, no aumento da força muscular e na circulação sanguínea.

O procedimento tende a ser comum em casos em que as mulheres realizam um tratamento para flacidez pós-parto.

peeling químico

Peeling químico

O peeling também é um dos destaques nos tratamentos para flacidez facial. O peeling químico é um procedimento que possui uma série de motivações, também sendo indicado para a melhora do aspecto da pele, para a suavização e remoção de manchas, melasma, cicatrizes de acne e rugas finas.

O peeling químico é feito com a aplicação de ácidos sobre a pele para a remoção de camadas danificadas e a promoção do crescimento de uma camada lisa. Nesse contexto, o peeling atuará estimulando a produção de colágeno e elastina, melhorando o tecido e a textura da pele, e fazendo com que ela fique com um aspecto mais saudável e jovial.

fios de sustentação

Fios de sustentação

A aplicação dos fios de sustentação na face está entre as opções para a promoção de efeito lifting do rosto e do pescoço. Para que seja alcançado esse efeito, é feita a inserção de 4 a 8 fios abaixo da pele, fazendo com que os tecidos sejam tracionados para cima.

Os fios de sustentação são feitos de ácido polilático, substância que não é rejeitada pelo organismo e que estimula a produção de colágeno.

Para a fixação da pele ao tecido subcutâneo, os fios possuem pequenos cones em sua extensão, possibilitando assim uma melhor sustentação.

Os resultados adquiridos por esses fios de sustentação são temporários, durando cerca de 18 meses, tempo que o ácido polilático leva para ser absorvido pelo corpo. Dessa forma, após esse período de tempo, o tratamento deve ser refeito para que os benefícios adquiridos sejam mantidos.

lifting com os fios de PDO

Lifting com os fios de PDO

O efeito lifting, levantamento da face, também pode ser proporcionado pela colocação dos fios de PDO.

Os fios de PDO são bem parecidos com os fios de sustentação, contudo, para a técnica são utilizados fios feitos com polidioxanona (PDO). Também atuam estimulando a produção de colágeno e fibroblastos.

Outra diferença quanto a composição dos fios, é que os feitos de polidioxanona, ao invés dos cones, possuem fios de vários formatos, podendo ser lisos, em espirais, ou sendo formados por pequenos ganchos. A indicação do tipo ideal irá levar em consideração as particularidades do caso e da avaliação feita pelo profissional.

drenagem linfática e massagem modeladora

Drenagem linfática e massagem modeladora

Por fim, a drenagem linfática e a massagem modeladora também são técnicas indicadas para o tratamento da flacidez facial ou corporal. Para resultados ainda mais satisfatórios, os dois procedimentos podem ser associados.

A drenagem linfática, assim como a corrente russa, é indicada em pós-operatórios ou em gestantes, já que ajuda na eliminação de toxinas e no processo anti-inflamatório. Quanto à massagem modeladora, atua na modelagem do corpo e favorecendo a circulação sanguínea.

Quando associados, os tratamentos ajudam na melhora do funcionamento corporal, aliviando o estresse e diminuindo os sintomas da flacidez.

tratamento para flacidez antes e depois

Tratamento para flacidez antes e depois, quais os efeitos?

Normalmente, os pacientes recorrem aos tratamentos para flacidez após os 25 anos, período em que a produção de colágeno começa a diminuir.

Dessa forma, após o tratamento, o indivíduo é beneficiado pela melhora da aparência da pele, tal como o seu aspecto, impactando assim, na melhora de sua autoestima e em seu bem-estar.

Além disso, é perceptível a maior firmeza da pele e assim, a sua aparência mais jovem e saudável.

Quanto custa o tratamento para flacidez?

O preço do tratamento para flacidez vai depender da abordagem escolhida, do número de sessões indicadas, do profissional e da clínica escolhida.

Aqui na Hamonir, você pode se ver livre da flacidez por um preço bem acessível e que cabe no seu bolso.

Microagulhamento: a partir de 12x de R$24,17 sem juros no Cartão;

Carboxiterapia: a partir de 12x de R$79,90 sem juros no Cartão;

Peeling químico: em 12x de R$12,50 sem juros no Cartão;

Fios de sustentação: a partir de 12x de R$15,83, 12x de R$23,33 ou de 12x de R$31,67 sem juros no Cartão;

Drenagem linfática: em 12x de R$9,17 sem juros no Cartão;

Massagem modeladora: em 12x de R$10,83 sem juros no Cartão.

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! A equipe da Hamonir é formada por profissionais capacitados e que estão determinados em aumentar a sua autoestima com fidelidade aos seus sonhos!

Agende já a sua Avaliação Gratuita e nós entraremos em contato com você!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *