microagulhamento facial

Microagulhamento facial: para que serve e quanto custa?

O microagulhamento facial é um dos principais procedimentos de estética facial, contudo, a sua técnica tende a gerar receio em alguns pacientes.

Conheça aqui como é feito o microagulhamento facial, como funciona, vantagens, antes e depois, cuidados e contraindicações:

O que é o microagulhamento facial?

O microagulhamento facial, assim como o próprio nome remete, se trata de um procedimento em que há a injeção de micro agulhas visando a melhor aparência e textura da face.

Esse procedimento, também conhecido como indução percutânea de colágeno por agulhas (IPCA), é capaz de proporcionar uma série de vantagens para a pele, sendo uma das alternativas para o seu rejuvenescimento e uma aparência mais saudável. Pelo microagulhamento, homens e mulheres se beneficiam pelo estímulo à produção de colágeno e assim ajuda na redução de rugas, linhas de expressão, da acne e suas cicatrizes.

Pelos furos minúsculos a vasodilatação é aumentada, estimulando a formação de colágeno pelos fibroblastos e, assim, a hidratação, o fortalecimento e a elasticidade da pele. Dessa forma, esse tratamento é indicado na para pessoas acima de 30 anos e que começaram a sofrer as consequências da perda dessa proteína.

O microagulhamento facial pode ser feito por um dermatologista, biomédico, médico ou fisioterapeuta capacitados na técnica. Em média a sessão de microagulhamento dura de 30 minutos a uma hora, dependendo do especialista.

microagulhamento no rosto

Como funciona o microagulhamento no rosto?

O microagulhamento é feito pela perfuração de diversas agulhas no rosto, que atingem as camadas da pele, levando assim a regeneração da região. A perfuração deixa micro ferimentos e causa vermelhidão do rosto, contudo, são sintomas temporários.

A técnica do microagulhamento com agulhas pode ser feita por rolos específicos que sustentam essas estruturas, o chamado dermaroller, ou por equipamentos automáticos, semelhantes a canetas, que ajusta a profundidade das agulhas por radiofrequência, a dermapen. As agulhas utilizadas no processo costumam ser feitas de aço cirúrgico ou titânio.

O dermaroller deve ser descartável e de uso único, assim como as agulhas que são colocadas na extremidade da caneta automática. Quando feito no rosto, o tratamento costuma ser feito inicialmente com uma agulha de 0,3 mm de espessuta, aumentando para 0,5 mm se necessário.

Com as agulhas, são feitos movimentos de vai e vem por toda área a ser tratada, normalmente sendo feitas de 10 a 15 passadas em um mesmo local, tendo 4 cruzamentos cada.

Para que o procedimento não cause desconforto algum, anteriormente o profissional realiza a aplicação de um creme anestésico no local. O microagulhamento pode ser feito em todos os tipos de pele e em todas as áreas, podendo a agulha e a pressão variar de acordo com a região a ser tratada. Regiões mais sensíveis devem ser submetidas a agulhas mais finas.

É normal que ocorra sangramentos ao longo do processo, dependendo da espessura da agulha, mas o incômodo tende a passar depois de alguns minutos. Em caso de sangramentos, o profissional irá espalhá-lo pelo local para que haja a nutrição da pele e o estímulo à formação de um novo tecido conjuntivo pelos chamados fatores de crescimento dérmico.

Por esse processo, popularmente o microagulhamento facial é chamado de “terapia do vampiro”. Tendo em vista os seus benefícios e eficiência, o procedimento de microagulhamento pode ser feito em qualquer lugar do corpo.

Quais são as contraindicações para o procedimento?

Assim como qualquer procedimento estético, o microagulhamento, mesmo sendo uma técnica segura, possui as suas contraindicações. Entre as contraindicações da técnica estão casos que envolvam:

  • Gestantes;
  • Doenças autoimunes;
  • Doenças vasculares;
  • Distúrbios hemorrágicos,
  • Diabetes e Diabetes mellitus não controlado;
  • Câncer de pele;
  • Alergia a metal;
  • Alergia a pomadas anestésicas locais;
  • Infecções cutâneas;
  • Cicatriz com queloide ou tendência a queloide;
  • Queimaduras solares;
  • Pele muito acneica e com muitos cravos;
  • Rosácea e/ou pele sensível;
  • Infecção por herpes labial;
  • Sob efeito de remédios anticoagulantes – como aspirina e heparina;
  • Em processo de radioterapia, quimioterapia, com corticoterapia em doses altas, com uso de anticoagulante ou de isotretinoína oral.

microagulhamento facial antes e depois

Microagulhamento facial antes e depois, quais os principais benefícios?

O microagulhamento facial pode trazer uma série de benefícios à aparência da pele. Veja quais são as principais vantagens que o procedimento é capaz de proporcionar:

  • Rejuvenescimento facial;
  • Suavização de rugas e linhas de expressão;
  • Amenização de cicatrizes;
  • Tratamento da flacidez;
  • Tratamento de queda capilar;
  • Tratamento de manchas, melasma e queimaduras;
  • Diminuição dos poros dilatados da face;
  • Clareamento de manchas na pele;
  • Proliferação de vasos sanguíneos pela angiogênese.

No corpo, o  microagulhamento pode ser usado no tratamento de queimaduras, cicatrizes como as hipertróficas, estrias e flacidez.

Além disso, o dermatologista responsável pode indicar o uso do dermaroller para ajudar no tratamento da alopecia, doença responsável pela rápida e inesperada queda de cabelo, não só no couro, mas em outras regiões do corpo.

O microagulhamento também pode ajudar na absorção de medicamentos, ajudando na penetração, isso utilizando a sua técnica de drug delivery, que utiliza remédios e ativos específicos.

Quando os benefícios podem ser percebidos?

Os benefícios da realização do microagulhamento são percebidos com o tempo, por volta de dois a três meses, considerando o período necessário para o amadurecimento do novo colágeno no organismo e na pele. Contudo, após a segunda sessão, já é possível perceber uma boa melhora pelo procedimento.

Para que haja um bom resultado final, geralmente o paciente é submetido a três e quatro sessões, dependendo de suas necessidades com o microagulhamento. A duração dos efeitos do procedimento também vai depender da área e do que está sendo tratado, além da reação de cada organismo.

Contudo, com o envelhecimento natural da pele, os benefícios quanto ao seu rejuvenescimento são perdidos com o tempo, podendo ser repostos com a nova realização do procedimento. Vale ressaltar que para que haja o rejuvenescimento, o procedimento pode ser feito a cada 30 dias.

Quais os principais cuidados com a técnica?

Por causa das agulhas, a sessão pode deixar micro ferimentos na pele e vermelhidão, mas seus sintomas costumam passar naturalmente com o tempo.

Para uma recuperação tranquila e para a manutenção dos resultados adquiridos com a técnica, o profissional responsável pode recomendar alguns cuidados e medidas ao paciente:

  • Evitar contatar e massagear a região após o tratamento;
  • Não utilize maquiagem e protetores solares nas primeiras 24h após o procedimento;
  • Uso de compressas frias para aliviar a dor;
  • Após o tempo estipulado pelo profissional, faça o uso diário de hidratante, de filtro solar e de creme clareador de manchas – sob a indicação médica;
  • Compareça as consultas necessárias após o procedimento.

Quanto custa o microagulhamento facial?

O preço do procedimento de microagulhamento facial é bastante variável, tendendo a alternar quanto ao profissional responsável, clínica escolhida e é proporcional a quantidade de sessões realizadas.

Considere sempre uma clínica que leve em conta as exigências da ANVISA e as recomendações necessárias no processo.

Aqui na Hamonir, você pode se beneficiar do procedimento de microagulhamento por um preço acessível e que cabe no seu bolso, sendo a partir de 12x de R$24,17 sem juros no Cartão.

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! A equipe da Hamonir é formada por profissionais capacitados e que estão determinados em aumentar a sua autoestima com fidelidade aos seus sonhos!

Agende já a sua Avaliação Gratuita e nós entraremos em contato com você!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *