hidrolipoclasia

Hidrolipoclasia: conheça os benefícios e quanto custa

A hidrolipoclasia é um dos principais procedimentos utilizados no tratamento de gordura localizada.

A técnica é segura e capaz de trazer resultados satisfatórios quanto a estética, autoestima e qualidade de vida.

Conheça tudo o que você precisa saber sobre o procedimento, como funciona, quais são os seus benefícios, cuidados necessários, contraindicações e quanto custa:

O que é hidrolipoclasia?

A hidrolipoclasia, também chamada de hipoplasia não aspirativa, é um procedimento de estética corporal baseado na aplicação de solução fisiológica na região tratada.

Uma vez no organismo, a solução utilizada é responsável por dilatar as células de gordura, favorecendo assim o seu rompimento.

Dessa forma, por esse procedimento, é possível ter acesso há vários procedimentos, tais como a eliminação da gordura localizada, a redução de medidas e a definição do corpo.

Para a obtenção de um melhor resultado, é utilizado um ultrassom focalizado e ainda feita uma drenagem para a remoção da gordura liberada.

Por ser um procedimento minimamente invasivo, não possui um processo de recuperação complexo, podendo o paciente voltar as suas atividades cotidianas logo após a sessão.

A técnica pode ser feita por profissionais da estética, esteticistas, fisioterapeutas, enfermeiros, dentistas, farmacêuticos, psicólogos, nutricionistas e biomédicos.

hidrolipoclasia

Como funciona a hidrolipoclasia?

É importante ressaltar que antes de se submeter a hidrolipoclasia o paciente deve passar por uma avaliação estética completa, para que seja possível identificar se há mesmo indicação e se não há a presença de contraindicações.

Quando dentro das indicações e na falta de complicações, o procedimento pode ser marcado e feito. Mesmo que o procedimento seja minimamente invasivo, para evitar desconforto em meio a técnica pode-se utilizar anestésicos antes de ser iniciada a sessão, já que é comum sentir um leve incômodo.

Inicialmente pode haver a aplicação de anestesia local para evitar a percepção de incômodos.

Como dito, o procedimento é baseado na aplicação de uma solução fisiológica, soro e outras composições, na região a ser tratada.

Em seguida é utilizado um ultrassom focalizado (Manhtus/Heccus), que se movimenta, permitindo que as células de gordura espalhadas e o líquido sejam removidos pelo próprio organismo. Sessões regulares de drenagem linfática ou Manthus/Heccus podem ser feitas regularmente para a aceleração da eliminação.

Para obter um bom resultado, pode-se ser necessário de 5 a 10 sessões, com 1 feita semanalmente, sempre associadas ao Manthus/Heccus. As sessões com ultrassom focalizado de alta potência podem atingir até 3 cm cada. A indicação é que a técnica seja feita em pequenas áreas de gordura localizada e os seus resultados já podem ser percebidos após a segunda sessão.

A duração da sessão pode durar de 1 hora a 1h e 30 min.

Quais são as indicações e benefícios da hipoplasia não aspirativa?

A hipoplasia vai muito além da remoção de gordura localizada, podendo trazer uma série de vantagens ao paciente.

Veja quem pode se submeter ao tratamento:

  • Pessoas saudáveis e com peso equilibrado;
  • Pessoas que possuem pele firme e de boa elasticidade;
  • Pessoas que possuem pequenas áreas com gordura localizada;
  • Pessoas que se frustraram com algum tipo de metodologia de eliminação de gordura.

Quanto às suas vantagens, entre as principais estão:

  • Tratamento de gordura localizada em áreas como o abdômen, braços, culotes, flancos, região infra glútea, costas, região escapular e região interna das coxas;
  • Aplicação rápida e superficial – dependendo da quantidade de ml de soro fisiológico utilizado;
  • Tratamento não invasivo e indolor;
  • Não requer tempo de recuperação pós operatória ou cuidados específicos;
  • Resultados satisfatórios;
  • Baixo custo.

Quais são as contraindicações?

Para evitar complicações, é importante considerar as contraindicações do procedimento. São elas:

  • Grávidas;
  • Lactantes;
  • Pessoas com lesões na área da pele a ser tratada;
  • Doenças crônicas não tratadas – como hipertensão e hipertireoidismo;
  • Infecções cutâneas nas proximidades;
  • Diabetes;
  • Dislipidemias;
  • Disfunções renais;
  • Dispositivo Eletrônico Implantado – como marcapasso cardíaco.

hidrolipoclasia não aspirativa antes e depois

Hidrolipoclasia não aspirativa antes e depois, quais são os cuidados?

Para a manutenção do corpo moldado pela hidrolipoclasia é necessário levar alguns cuidados em consideração.

Dessa forma, é necessário que após a técnica, o paciente considere a adoção de bons hábitos, tais como uma dieta alimentar saudável e equilibrada e a prática regular de exercícios físicos. Contudo, é importante considerar exercícios físicos leves de início.

Além disso, o uso de cinta modeladora depois do uso do ultrassom também está entre as indicações do procedimento, fazendo com que se conserve os resultados adquiridos e haja a melhora da remodelagem corporal, tal como ocorre na lipoaspiração cirúrgica.

Demais cuidados a serem tomados estão evitar a exposição ao sol e o uso regular de protetor solar.

Mesmo que o procedimento tenda a ser indolor, dependendo da sensibilidade da pele e da região a ser aplicada, pode haver a percepção de dores e edemas após o problema. Além disso, o inchaço natural do local também pode ser um dos efeitos colaterais, dependendo da quantidade de líquido a ser injetado.

Vale considerar que os resultados almejados só serão alcançados caso as orientações passadas pelo especialista sejam levadas a sério. Assim sendo, os resultados a serem alcançados e assim, a percepção da redução da gordura, variam de pessoa a pessoa.

Hidrolipoclasia não aspirativa e lipoaspiração cirúrgica, qual a diferença?

Mesmo que possam confundir, a hidrolipoclasia não aspirativa e a lipoaspiração cirúrgica pode confundir, as técnicas se diferenciam entre si.

Na lipoaspiração cirúrgica, a gordura é extraída toda de uma vez, podendo causar traumas no organismo. E dessa forma, possui uma recuperação prolongada entre 60 a 90 dias.

A hidrolipoclasia não aspirativa, por sua vez, possui uma técnica de remoção gradativa, fazendo com que o organismo reaja naturalmente aos efeitos do procedimento, sem que o paciente precise de um período de recuperação, dependendo da quantidade de gordura removida.

Quanto custa uma sessão de hidrolipoclasia?

O valor de uma sessão desse procedimento é bastante variável, dependendo do número de aplicações, das regiões a ser tratadas, do profissional e da clínica escolhida. Além disso, o preço também tende a variar quanto aos procedimentos auxiliares.

Em média, o procedimento pode custar de R$250 (duzentos e cinquenta reais) a R$400 (quatrocentos reais).

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! A equipe da Hamonir é formada por profissionais capacitados e que estão determinados em aumentar a sua autoestima com fidelidade aos seus sonhos!

Agende já a sua Avaliação Gratuita e nós entraremos em contato com você!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *