eletrolipólise

Eletrolipólise: o que é, antes e depois e preço

Na maioria das vezes, as pessoas recorrem a procedimentos estéticos buscando o popular “corpo do verão”.

Com o tempo, buscando sanar essa necessidade, surgiram novas alternativas para esse desejo, como a eletrolipólise.

Confira como funciona a eletrolipólise, quais são os seus objetivos, efeitos antes e depois, quanto tempo dura, contraindicações e quanto custa.

O que é eletrolipólise?

A eletrolipólise ou eletrolipoforese é um tratamento de estética corporal que atua no combate a gorduras localizadas, celulite e estimulando a circulação sanguínea. É uma das técnicas mais eficientes e mais indicadas para a percepção desse benefício.

Também é um dos que possuem um resultado perceptível mais rápido, sendo tão satisfatório quanto aos demais. Pode ser feito em várias partes do corpo, tais como abdômen, flancos, coxas e glúteos.

Por esses motivos, é um procedimento procurado tanto por mulheres quanto por homens, que buscam melhorar a aparência, a autoestima e assim a qualidade de vida.

O tratamento pode ser feito por profissionais da saúde capacitados, como esteticistas, médicos, fisioterapeutas e dermatofuncionais.

eletrolipólise

Como funciona a eletrolipólise?

Para que haja os benefícios da eletrolipólise, existem diferentes técnicas disponíveis ao especialista. No geral, há a quebra de células lipídicas que constituem os depósitos de gordura, facilitando a sua eliminação pelo organismo e atuando na redução de medidas corporais.

Para isso, o profissional irá atuar utilizando o aparelho de eletrolipólise, que atua emitindo uma corrente elétrica, seja de média ou baixa frequência. Pode ser seguida de uma drenagem linfática para melhores resultados.

Para que a técnica seja segura o aparelho deve ser usado em uma distância menor que 5 cm.

Conheça quais são as formas as quais o procedimento de eletrolipólise pode ser feito:

Eletrolipólise com agulhas

Umas das técnicas mais comuns do eletrolipólise é a abordagem com agulhas de acupuntura, também chamada de eletrolipólise percutânea.

Essas agulhas são colocadas em regiões intermediárias da pele, fazendo com que as correntes elétricas atuem diretamente sobre a gordura localizada.

Por esse motivo, atua de forma significativa para a remoção de medidas. A técnica é semelhante a utilizada em procedimentos de acupuntura.

Eletrolipólise com eletrodos

Também chamada de eletrolipólise transcutânea, utiliza eletrodos de silicone, condutores de baixa resistência, que são colocados sobre as regiões a serem tratadas por cintas elásticas.

Buscando facilitar a chegada das correntes aos depósitos de gordura são utilizados géis condutores na pele. Normalmente a frequência utilizada é de 25 Hz, fazendo com que ela varie quanto a sensibilidade do paciente.

O tratamento tende a ser indolor, podendo causar uma sensação de formigamento.

Eletrolipólise com placas

Por fim, eletrolipólise com placas específicas tendem a ser muito eficientes para diminuir as pregas criadas na região em que há a gordura localizada.

O diferencial da aplicação da eletrolipólise com placas é capaz de possibilitar o tratamento satisfatório de gorduras, mesmo em depósitos menores

Qual a frequência utilizada no eletrolipólise?

A frequência utilizada vai depender do objetivo e da região a ser tratada, com uma média de 1 e 4.000 Hz.

Contudo, na maioria das vezes a frequência fica por conta de 10 Hz e 30 Hz, o que irá depender das circunstâncias do caso.

10 Hz: é a frequência indicada para atingir a derme, estimulando células, como o fibroblasto e proporcionando benefícios como melhora do tônus, redução do inchaço, ativação da microcirculação, ação anti-inflamatória, melhora da drenagem intersticial e combatendo a inflamação pela reabsorção dos metabólitos.

30 Hz: é a frequência utilizada para tratar o tecido adiposo, diretamente no adipócito. É nessa frequência que temos a lipólise, resultante da quebra de gordura e da estimulação elétrica das terminações do sistema nervoso simpático que desencadeia a liberação do AMP cíclico.

Qual é a duração média da sessão e de seus resultados?

Em média, a duração da eletrolipólise fica por volta de 40 a 50 minutos, podendo os seus resultados serem percebidos a partir da 10ª sessão.

Contudo, podem ser vistos antes desse tempo caso a pessoa opte por realizar outros procedimentos estéticos que otimizem os seus resultados, tal como a drenagem linfática, que irá ajudar a retirar líquidos e toxinas do corpo.

Para que haja a manutenção dos benefícios da técnica, é necessário que ela seja feita de forma periódica, sendo realizado no mínimo 10 sessões de eletrolipólise. No caso do tratamento com agulhas, a indicação é de que a sessão seja feita ao menos 1 vez por semana, podendo ir até 2 no tratamento por eletrodos.

Na maioria das vezes, as sessões feitas da primeira a segunda semana, pode-se ser percebida uma amenização total de até 20% de gordura no local tratado.

eletrolipólise antes e depois

Eletrolipólise antes e depois, quais os cuidados?

Assim como demais procedimentos estéticos, a eletrolipólise pode exigir alguns cuidados para o sucesso de sua sessão.

Antes da eletrolipólise, não são necessários cuidados específicos para que o paciente seja submetido ao procedimento, contudo, é necessário zelar por uma pele saudável e sem feridas. Além disso, o profissional pode orientar quanto o uso de cremes na pele, que não deve ser feito antes da sessão.

Já depois da realização da sessão de eletrolipólise, o especialista pode fazer mais orientações. Independente da abordagem feita, o paciente deverá evitar a exposição do sol, por conta da pele que se encontra sensível, devendo ainda fazer o uso regular do protetor solar.

Além disso, para a manutenção dos bons resultados adquiridos, cabe ao paciente a adoção de bons hábitos, tais como uma dieta alimentar saudável e equilibrada, evitando alimentos gordurosos e ricos em açúcar, e a realização de exercícios físicos regulares.

Por conta da promoção do aumento do fluxo linfático, sessões mensais de drenagem linfática podem estar entre as recomendações.

Quais são as contraindicações do procedimento?

É muito importante se atentar quanto às contraindicações antes de se submeter às sessões do tratamento. Conheça quais são:

  • Gestantes;
  • Alergia, ferida ou infecções na região a ser tratada;
  • Hipotireoidismo;
  • Síndrome de Cushing;
  • Deficiência de cálcio;
  • Osteoporose;
  • Pessoas com marcapasso cardíaco;
  • Insuficiência renal;
  • Epilepsia;
  • Neoplasia;
  • Mioma;
  • Embolias;
  • Varizes;
  • Hipertensão;
  • Hipoglicemia;
  • Câncer;
  • Diabetes;
  • Patologias circulatórias – como flebites;
  • Uso de medicamentos com corticoides, betabloqueadores e progesterona;
  • Uso de medicamentos anticoagulantes;
  • Fobia de agulhas;
  • Problemas circulatórios graves.

Evitando complicações, antes da sessão ser feita, o paciente deve passar por uma avaliação para que o profissional seja capaz de identificar a presença de alguma complicação.

Quanto custa uma sessão de eletrolipólise?

O preço de uma sessão de eletrolipólise tende a variar quanto o local da sessão, localização, profissional e clínica.

Contudo, em média, o preço do procedimento vai de R$ 60 (sessenta reais) a R$ 150 (cento e cinquenta reais).

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! A equipe da Hamonir é formada por profissionais capacitados e que estão determinados em aumentar a sua autoestima com fidelidade aos seus sonhos!

Agende já a sua Avaliação Gratuita e nós entraremos em contato com você!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *