bioestimulador de colágeno

Bioestimulador de colágeno: descubra o que é e como funciona

Bioestimulador de colágeno, como o próprio nome já diz, é uma substância que estimula a produção de colágeno quando é injetada em determinadas camadas da pele.

A partir disso, é possível utilizá-las na reposição do volume a longo prazo e a diminuir a flacidez.

As substâncias mais utilizadas para este fim são hidroxiapatita de cálcio – Radiesse, Ácido Poli-L-lático – Sculptra e Policaprolactona – Ellansé.

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o esse procedimento de estética facial:

O que é o bioestimulador de colágeno?

Por ser uma substância que, quando injetada na pele, provoca uma leve ação inflamatória em que o principal objetivo é estimular a produção de colágeno – responsável pela firmeza e sustentação da pele. 

A partir disso, sabe-se que é possível tratar flacidez dos tecidos e promover um rejuvenescimento da pele. 

Das substâncias que podem ser utilizadas, o ácido poli-L-láctico e o demonstra mais eficiência, isso porque já é utilizado na Europa, por exemplo, em cosméticos desde 1999 e nos Estados Unidos para restabelecer o volume facial de pessoas com HIV nos anos 2000.

bioestimulador de colágeno

Bioestimulador de colágeno, como é feito?

Sua aplicação é feita da mesma forma que outras substâncias utilizadas em procedimentos estéticos, como o Botox. 

Dessa forma, é preciso utilizar para inserir a substância na região a ser tratada, juntamente de um anestésico com aplicação de 30 a 60 minutos antes do procedimento começar.

Pelo fato do bioestimulador de colágeno ser biocompatível, reabsorvível e imunologicamente inativo, ou seja, ao ser aplicado o corpo consegue absorvê-lo sem causar riscos à saúde ou algum tipo de reação alérgica.

Onde o bioestimulador pode ser aplicado?

As seguintes regiões são possíveis de receber a aplicação, como bochechas, mandíbula, queixo, têmporas e pescoço.

Como é a aplicação?

Semelhante a outros procedimentos injetáveis, depois que é feita uma identificação da região e feita a aplicação, que acontece como uma injeção sem dor e sem agulha, utilizando cânulas.

Bioestimulador de colágeno é eficaz?

É possível perceber os efeitos do procedimento em sua segunda sessão. Além disso, o colágeno que é produzido no bioestimulador fica ativo por um período de até 2 anos.

Em razão dos seus efeitos naturais, o procedimento não deixa nenhum tipo de machucado ou alterações no organismo.

Quais substâncias são usadas no bioestimulador de colágeno?

Por ser um procedimento que tem como objetivo repor o volume a longo prazo e diminuir a flacidez. Substâncias como: Hidroxiapatita de Cálcio – Radiesse, Policaprolactona – Ellansé e Fios de PDO também são bem comuns no bioestimulador de colágeno.

Diferença do bioestimulador para o botox?

Nesse procedimento, o foco não é no preenchimento, como em outros tratamentos estéticos, mas sim na bioestimulação que acontece ao ser estimulada nos fibroblastos, intensificando as células que produzem as fibras colágenas. 

Substâncias como o Radiesse e o Ellansé também apresentam esse efeito de preenchimento.

Por que a pele precisa de colágeno?

Quanto mais colágeno na pele mais firme ela fica, ou seja, menos flácida. Essa condição além de melhorar o aspecto geral da face de forma muito natural e delicada.

A partir dos 30 anos de idade, passamos a perder aproximadamente 1% do colágeno que o organismo produz. Isso faz com que seja preciso repor essa deficiência.

Fatores como exposição ao sol de maneira excessiva, exercícios físicos intensos, poluição, tabagismo aumentam a perda de colágeno da pele.

Quando a pele está perdendo o colágeno, ela demonstra alguns sintomas, entre eles: flacidez, perda de volume, elasticidade e hidratação natural da pele. 

Há casos em que ocorre também a perda óssea, que contribui para que a pessoa tenha um aspecto de envelhecimento mais evidente e pronunciado.

Por isso, a aplicação de bioestimuladores ajudam a criar uma nova formação de colágeno, de forma que há uma recuperação na firmeza pele que foi perdida ao longo dos anos, além de também trazer uma melhora na qualidade da pele.

Bioestimulador de colageno

Bioestimulador de colágeno injetável, quais os cuidados antes e depois?

O procedimento com bioestimulador de colágeno, assim como demais da estética facial, requer alguns cuidados antes e depois da sessão.

Entre os principais cuidados e medidas a serem considerados para uma sessão e recuperação tranquila e satisfatória estão:

  • Manter a pele saudável antes e depois de receber as injeções;
  • Evitar tomar Aspirina (ácido acetil salicílico) ou anti-inflamatórios 3 dias antes da sessão – prevenindo a formação de hematomas;
  • Aplicação de compressa fria na região por cerca de alguns minutos nas primeiras 24 horas diversas vezes ao dia – diminuindo assim o inchaço e hematomas;
  • Massagear a área da aplicação 2 vezes ao dia, por 5 minutos, por 7 dias na semana seguinte ao procedimento;
  • Evitar exposição a luz do sol ou sessões de bronzeamento após as aplicações nos primeiros 15 dias – isso até que o edema, hematomas e a vermelhidão desapareçam;
  • Usar filtro solar com FPS acima de 30;
  • Não se automedique;
  • Em caso de aparecimento de nódulos ou pápulas no local, sintomas anormais e complicações graves, não hesite em contatar o médico e o profissional responsável.

Seguindo as indicações e orientações do profissional, o procedimento não é capaz de proporcionar riscos à aparência ou à saúde, podendo o paciente retornar às atividades habituais logo após a realização do procedimento.

Quantas sessões preciso fazer?

É indicado que seja feito de uma a três sessões por mês, com manutenções anuais. No entanto, este número pode sofrer variações devido ao grau de flacidez.

Em casos de peles mais jovens, uma sessão é capaz de trazer uma melhora, dessa forma, quem faz o bioestimulador de colágeno ele irá atuar como uma prevenção.

Peles mais jovens geralmente uma sessão já traz uma melhora e serve como prevenção. Peles mais maduras geralmente necessitam de mais sessões e de tratamentos combinados.

Quais os resultados do tratamento com bioestimuladores?

Como dito, o colágeno possui um papel importante para a pele, sendo determinante para a sua boa aparência. Uma vez que com o tempo essa proteína natural do organismo vai diminuindo com o tempo, sua perda resulta no aparecimento dos sinais do envelhecimento, tais como as rugas e marcas de expressão, e assim no ganho de flacidez da pele.

Dessa forma, o bioestimulador de colágeno irá atuar na recuperação do viço, brilho e densidade da pele, atuando assim proporcionando um efeito de rejuvenescimento da pele. O bioestimulador também irá atuar na recuperação de parte do volume facial perdido com o tempo, mas não da mesma forma do que o procedimento de preenchimento.

Buscando potencializar os resultados adquiridos com a reposição do colágeno o paciente, em consentimento com o profissional responsável pode associar a técnica com procedimentos como o de radiofrequência e o utilizando o aparelho de ultrassom “Ultraformer”.

Com isso, os efeitos da aplicação são graduais e duradouros, afinal, o organismo continua a produzir colágeno até 6 meses depois de ter feito o tratamento. Logo, o resultado esperado é o rejuvenescimento e uma recuperação natural dos contornos da face.

Os efeitos são percebidos num período de 4 a 6 semanas e após a primeira sessão ser feita, o resultado final é após 3 meses.

Diante disso, a cada 30/60 dias e o número de sessões deve ser refeito o procedimento, podendo variar de uma a três sessões.

bioestimuladores de colágeno valor

Quais são os riscos e contraindicações?

Assim como as indicações do procedimento, é importante se atentar às suas contraindicações e possíveis riscos.

Normalmente, os efeitos colaterais se resumem no aparecimento de marcas roxas nos locais que receberam as injeções (hematomas), em vermelhidão e inchaço (edema), que tendem a desaparecer com o tempo. 

Contudo, uma vez que o tratamento não é feito da forma correta, a situação pode trazer sintomas de risco como a formação de nódulos, infecção local e em casos mais graves, a oclusão vascular e assim ao processo de necrose.

Entre as principais contraindicações do bioestimulador de colágeno estão:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Inflamações e infecções na face;
  • Doenças autoimunes em atividade;
  • Doenças do colágeno.

Dessa forma, procure sempre por um profissional capacitado, seja ele dermatologista ou cirurgião plástico, evitando assim problemas e surpresas desagradáveis após o procedimento.

Bioestimulador de colágeno, qual o valor?

O preço do procedimento de bioestimulador de colágeno é bastante variável, tendendo a alternar quanto o local que irá receber as injeções, profissional responsável, clínica escolhida e é proporcional a quantidade utilizada de bioestimulador.

Aqui na Hamonir, você pode se beneficiar do bioestimulador de colágeno por um preço acessível e que cabe no seu bolso, sendo 12x de R$149,17 sem juros no Cartão.

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! A equipe da Hamonir é formada por profissionais capacitados e que estão determinados em aumentar a sua autoestima com fidelidade aos seus sonhos!

Agende já a sua Avaliação Gratuita e nós entraremos em contato com você!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *